Postagens com tags vinhos
O outono na Italia entre Trufas, Queijos e Vinhos.

O outono, com suas cores que vão do ouro aos tons mais escuros de vermelho, oferece cenários e contrastes únicos. E se você é sensível ao encanto da folhagem (foliage), este é o melhor momento para procurar as paisagens mais espetaculares pelas terras das Langhe, Roero e Monferrato.

As Verdes Colinas do Monferrato pintadas de ouro do sol quando chega o outono

As Verdes Colinas do Monferrato pintadas de ouro do sol quando chega o outono


Este fenomeno da natureza, chamado “Foliage” provem da mistura da palavra “fall” (palavra em ingles che signifca cair ) e da palavra feuillage em frances com o mesmo significado para definir as folhas de outono que caem. É um período que, em alguns locais geográficos como Estados Unidos e Canadá, tem implicações muito fortes do ponto de vista da paisagem: as cores mudam a tal ponto que transformam radicalmente o aspecto do contexto natural.

Junto as cores quentes que o outono nos presenteia por estas Verdes Colinas, chega o maravilhoso ”Tartufo Bianco”. No mes de outubro inicia à caça ao tartufo bianco (trufa branca). Esta iguaria rara e unica que cresce em simbiose com certos tipos de arvores, a causa do clima umido que pelas manhas de outubro e novembro somos acolhidos fazem deste territorio um dos melhores habitat para o crescimento deste tubero.
As melhores festas do “tartufo bianco” entre Langa e Monferrato:

Tartufo Bianco- Trufa Branca - E’ um tubero que cresce em simbiose com certo tipos de arvores.

Tartufo Bianco- Trufa Branca - E’ um tubero que cresce em simbiose com certo tipos de arvores.

Antes da chegada do “Tartufo Bianco”, no mes de setembro no Piemonte, o trabalho è intenso com a vindima. Entao porque nao acrescentar um dia pelos vinhedos contribuindo com a Vindima? Na seçao eventos de Verdes Colinas todas as Vinicolas Italianas onde poder partecipar deste importante momento do vinho.
Conhecer e viver uma dia entre os vinhedos è um otimo meio para descobrir os varios tipos de uvas nativas, o terreno, o sol, o vento, a posiçao das plantas e aprender como toda esta combinaçao contribui e varia na produçao dos vinhos.

Caminhar pelos vinhedos, fazer a colheita, partecipar dos esmagamento das uvas, somente para divertir-se, compartilhar um almoço tipico piemontese, degustar vinhos, onde minutos antes foi possivel tocar as suas videiras è viver uma rica e autentica experiencia.

A “pigiatura” o esmagamento das uvas nas colinas do Monferrato, Piemonte, Italia

A “pigiatura” o esmagamento das uvas nas colinas do Monferrato, Piemonte, Italia

E quando falamos de vinhos, me vem em mente imediatamente o seu parceiro melhor: o quejo!
Neste fim de semana de setembro aconteceu o Festival Cheese na cidade de Bra, provincia de Cuneo. E’ um momento esperado e desejado para os amantes de queijo, como eu. A feira acontece a cada dois anos alternando-se com o Salone del Gusto que acontece na cidade de Torino.
Pelas ruas, nas praças, nos quintais da cidade de Bra tudo gira em volta do queijo. Em quatro dias o mundo de alimentos de qualidade se concentram nesta pequena cidade Barroca do Piemonte.
Encontros, curso, eventos, livros, e muitas oportunidades para descobrir sobre as especialidades e iguarias de cd Regiao italiana, europeia e mundial.

Os meus endereço na cidade Bra:

  • Restaurante. Desde 1919 era frequentado por atrizes e cantores italianos famosos.
    http://www.ristorantebattaglino.it/

  • Caffe Converso - Nasce no ano 1838 e faz parte de um dos bares historicos da Italia
    A especialidade da confeitaria Converso é Salot, uma sobremesa típica da província de Cuneo,
    em especifico da cidade, uma massa de brioche recheado com geléia de damasco, cidra cristalizada e sultanas, feito para o dia da epifania, 6 de janeiro.

  • Vontade de Pizza? https://480gradi.it/

    Uma jornada perfeita para quem procura novos sabores, novas experiencias, novas paisagens em uma unica viagem.

Le Cinque Terre, a pe, de barco e de trem, mas nao no verao.

Eu falei que para conhecer a Liguria è necessario ter pernas...e serà melhor que a tua programaçao aconteça no periodo do inverno europeu.
No verao è quase impossivel... a causa do grande fluxo de turistas, este pequeno tesouro de beleza singular nas encostas italianas està tornando-se uma meta muito dificultosa. Por isto o meu primeiro conselho è nao visitem-o no verao europeu e sim nos meses de abril-maio e outubro.

Le Cinque Terre - Trilha Manarola- Corniglia

Le Cinque Terre - Trilha Manarola- Corniglia

Le Cinque Terre

Le Cinque Terre


Monterosso - Vernazza - Corniglia - Manarola - Riomaggiore, sao os cinco vilarejos que encontram-se no Parco Nazionale Cinque Terre na Regiao da Liguria, reconhecidos pelo Patrimonio Mundial Unesco desde 1997.
E' possivel conhecer-lo a pè, de trem e de barco.
Para percorrer as trilhas entre "Cinque Terre" è necessario consultar as informaçoes do parque, pois ocorrem constantes mudanças por excesso de turistas...e por ser uma terra extremamente fragil muitas vezes as trilhas sao fechadas para a segurança de todos.
Pensa que uma das trilhas mais famosas.. MANAROLA - RIOMAGGIORE (Via dos apaixonados) a "Via degli innamorati" reabrira somente em 2021!!! OMG!
Para acessar as trilhas das "Cinque Terre" e aproveitar os serviços adicionais dentro do Parque Nazionale Le Cinque Terre, conselho a compra do Cartão Cinque Terre.


  • Cinque terre Card Trem - Alta estacao:
    1 Dia Cinque Terre Card Treno € 16
    2 Dias Cinque Terre Card Treno € 29
    3 Dias Cinque Terre Card Treno € 41

  • Cinque terre Card Parque -
    1 dia Adultos € 7,50 dos 12 aos 69 anos de idade válido até a meia-noite do dia da validação
    2 dias adultos 14,50 € dos 12 aos 69 anos de idade
    1 Dia Familiar € 19,60 para famílias com 2 adultos e 2 crianças dos 4 aos 12 anos de idade válido até a meia-noite do dia da validação
    2 Dias Familiar € 31.50 para famílias com 2 adultos e 2 crianças dos 4 aos 12 anos de idade válido até a meia-noite do dia da validação.


Tenha em mente que as trilhas que encontram-se pelas “ Cinque Terre” não são apenas caminhadas. Por isto gente, nada de chinelos :-) Sapatilhas ou sandalhas (eu fiz e garanto q a roupa adeguada è para a tua segurança). Trekking é esporte e seguir estas regras principais você evitará se deparar com situações ruins que possam arruinar suas férias.

Uma das Cinque Terre -Manarola

Uma das Cinque Terre -Manarola

Nao se pode conhecer “Cinque Terre” sem degustar o Sciacchetrà (se diz chaquetra). Um vinho doce, licoroso com um aroma frutado e floral, que lembra as essências da vegetação mediterrânica: notas de frutos secos, compota de damasco, pêssego amarelo e baunilha, mel de castanheiro e especiarias…. sò descrever-lo me dà vontade de beber…

Plantaçao dos vinhedos verticais - Algumas trilhas atravessam as vinhas.

Plantaçao dos vinhedos verticais - Algumas trilhas atravessam as vinhas.

Este vinho ha um trabalho delicado e lungo por isto a sua produçao è rara. Os bagaços são deixadas para secar ao sol até novembro e são então descascadas à mão para selecionar apenas o melhor - e uma qualidade muito alta garantida pela Denominação de Origem Controlada (DOC desde 1973), o Sciacchetrà é um produto muito refinado que pode evoluir por dez, vinte e até trinta anos.

A coisa interessante sobre o Sciacchetrà é que uma vez nao era comercializado, ao contrário do vinho branco das Cinque Terre. Se, de fato, os fazendeiros locais produziam grandes quantidades de vinho branco para exportação, a Sciacchetrà era um tesouro precioso a ser guardado para momentos solenes, como casamentos e batismos. O rendimento do Sciacchetrà é, de facto, muito inferior ao do vinho branco Cinque Terre, no melhor dos casos, é próximo dos 30% e requer a utilização das melhores uvas.

Um verdadeiro ouro da degustar lentamente e se for contornado pela paisagem das “Cinque Terre” melhor ainda.

Algumas vinicolas onde encontrar o Sciacchetrà:


http://www.vinbun.it/it-IT/home.aspx

http://possa.it/

http://www.primaterra.it/

https://www.burancocinqueterre.it/


Mas conhecer "Cinque Terre" atraves o mar è uma outra possibilidade para maravilhar-se. Pensa em chegar nestas verdes colinas das Cinque Terre com o giro noturno de barco. Ja pensou?
Das cidadezinhas como Camogli que encontra-se no Golfo Paradiso (o nome justifica o lugar :-) ), Reco (onde a famosa focaccia de Reco (nome do municipio) vale a viagem), Levanto, Lerici, Portovenere, La Spezia, e da capital da Liguria, Genova partem os "battello" (barcos de cruzeiro) para explorar estas encostas Ligure e apaixonar-se por este pedacinho da Italia.

Da cidadezinha de Camogli voce pode controlar os horarios aqui e do pequeno porto com suas casas coloridas aguardar a partida. Camogli è tambem conhecida pelo seu Festival do Peixe onde è celebrado no segundo domingo de maio.
O festival foi iniciado por um advogado e a primeira edição foi realizada em 1952. O primeiro ano foram construídos na praça cozinhas de tijolos e durante todo o dia eles continuaram a fritar em seis pequenas panelas. A particularidade deste Festival è que a fritura acontece na praça em uma panela gigantesca,

Jà na cidade de Levanto, de apenas 5.600 habitantes, è para quem procura relaxar e curtir as ferias ao ritmo lento, mas praticando esporte. A escolha entre bicicleta, trekking, surf faz com este lugar tenha uma clientela muito ecletica, do surfista à familha que procura somente relaxar-se esta pequena cidade pode ser a tua meta para descobrir “Le Cinque Terre”.

Da cidade de Levanto um giro de prazer de bicicleta ate Bonassola passando pelos ex tuneis de trem e que hoje è uma frequentadissima ciclovia com vista mar è o passeio para todas as idades. A atmosfera por aqui è um misto entre california e italia. O vasto vale de oliveiras, vinhas e arbustos mediterrânicos, atravessados por 80 quilómetros de caminhos que unem 18 vilarejos medievais sao protagonista no mes de maio do evento anual chamado "Mangialunga" trilhas que atravessam o vale da cidade de Levanto, com paradas pelos vilarejos, degustação de produtos típicos locais e entretenimento musical.
Ao longo do caminho você pode visitar antigos moinhos, moinhos restaurados e adegas privadas, onde os moradores locais recebem os caminhantes, oferecendo vinhos e petiscos.

Te espero aqui nas minhas Verdes Colinas do Monferrato.
O Monferrato fica distante das Cinque Terre apenas 1 hora e 30 minutos de carro, uma combinaçao perfeita entre o mar da Liguria com os montes do Piemonte.

Monferrato 50 minutos de carro de Milano
Monferrato 40 minutos de carro da Genova
Monferrato 40 minutos de carro da Torino